O que procura?

Certificação “Eventos Mais Sustentáveis”

Blog SGS PortugalESG18 Oct 2023

Autora:
Natacha Simões
Gestora de Produto, SGS Portugal

  

Portugal é hoje um grande e reconhecido produtor de eventos, mas será que a sustentabilidade entra nesta equação? Com esta certificação, a SGS pretende impulsionar a responsabilidade social, económica e ambiental do setor.

Porquê falar da sustentabilidade em eventos?

As empresas e entidades organizadoras de eventos têm uma consciência cada vez maior dos impactos sociais e ambientais das produções que organizam ou patrocinam, e a pegada ecológica de um evento tem um papel cada vez mais preponderante na reputação do evento em si, mas também na reputação dos nomes que a ele se associam. 

Pensar a sustentabilidade em todas as fases do evento

Por estas razões, as partes interessadas, desde os espetadores às comunidades locais e aos diversos fornecedores, devem ser envolvidas, desde cedo, na componente sustentável da organização do evento. De facto, não é apenas durante o decorrer de um evento que as preocupações sociais e ambientais se revelam. Frequentemente, é na fase de preparação de um evento que as decisões mais impactantes se podem tomar. 

É na fase de planeamento de um evento que o seu contexto deve ser analisado, considerando-se fatores económicos, tecnológicos, sociais, ambientais, e legais, todos eles com os seus impactos e riscos associados. A análise efetuada deve definir medidas preventivas, que se podem configurar em planos de emergência, de segurança, ou de gestão ambiental, nomeadamente considerando a utilização de recursos associada ao evento e a gestão dos resíduos gerados, entre outros.

Durante o evento, a organização deve ter definidas metodologias de implementação e monitorização das atividades a serem desempenhadas, procurando alcançar os resultados previstos e corrigir eventuais desvios ou inconformidades que possam ocorrer. Após o evento terminar, e depois de garantir que todas as condições do local foram devidamente restabelecidas — ou até melhoradas; pense-se no caso de estruturas que possam ser deixadas para usufruto das populações e outros eventos —, deve documentar-se o que correu bem e o que correu mal, devem listar-se as ações tomadas e medir-se a sua eficácia. A partir dessa análise, poderão inclusive identificar-se oportunidades de melhoria, quer para a correção de problemas verificados no local quer para obter melhores resultados numa próxima edição do evento.

 
Para mais informações, contacte a SGS Portugal

Sobre a SGS

Somos a SGS – a empresa líder mundial em testes, inspeção e certificação. Somos reconhecidos como referência global em sustentabilidade, qualidade e integridade. Os nossos 98.000 colaboradores operam numa rede de 2.650 escritórios e laboratórios, trabalhando em conjunto para possibilitar um mundo melhor, mais seguro e interligado.

Contacte-nos

  • SGS Portugal - Sociedade Geral de Superintendência S.A.

Polo Tecnológico de Lisboa,

Rua Cesina Adães Bermudes, Lote 11, 1600-604,

Lisboa,

Portugal