O que procura?

Certificação Florestal em Portugal

Blog SGS PortugalESG20 Oct 2023

Autora:
Natacha Simões
Gestora de Produto, SGS Portugal

  

A crescente necessidade de proteger os ecossistemas florestais e as pressões quer legislativas quer dos consumidores para a gestão responsável das florestas, sobretudo num país tão ameaçado pelas Alterações Climáticas, torna a Certificação Florestal num importante fator diferenciador para as empresas.

Sendo uma oportunidade para as empresas demonstrarem a sua conformidade com requisitos ambientais, mas também sociais e económicos, a Certificação Florestal apresenta duas grandes vertentes:

  • Gestão Florestal: permite garantir a gestão sustentável de uma determinada área florestal.
  • Cadeia de Custódia (CdC): permite garantir a origem e a rastreabilidade de produtos florestais ao longo do seu processo produtivo e de distribuição, desde a sua extração até ao consumidor final.

A Gestão Florestal em maior detalhe

A Certificação da Gestão Florestal coloca muita atenção na identificação dos valores que importa preservar (Florestas de Alto Valor de Conservação). Dos pontos de vista ambiental, social e cultural, deve ser definido e implementado um Plano de Gestão Florestal e desenvolvidas as necessárias ações de monitorização. Alguns dos aspetos mais importantes a levar em consideração em Portugal serão: falta de cartografia e ausência de planeamento (dificuldade em identificar/conhecer o que se está a certificar), proteção e conservação do solo, a pouca diversidade de espécies, a proteção florestal, o cumprimento das regras de segurança durante as operações florestais (muitas vezes realizadas pelo próprio proprietário e seus familiares), e a pequena dimensão e dispersão da propriedade.

E a Cadeia de Responsabilidade (Cadeia de Custódia)

No entanto, tem sido para a Certificação da CdC que a SGS tem tido mais solicitações por parte dos seus clientes. Esta é uma certificação de produto, o que permite às empresas com produtos certificados identificá-los com uma marca distintiva junto do consumidor final. Neste âmbito, a SGS verifica se os produtos são de facto certificados, identifica os possíveis pontos críticos em que pode ocorrer a mistura de material certificado com não certificado, e garante a rastreabilidade e o bom uso da marca de certificação no produto ou nos documentos de venda. As auditorias CdC são relativamente rápidas e focalizadas.

Que standards e certificações florestais existem?

Os referenciais mais procurados são o FSC (Forest Stewardship Council) e o PEFC (Programme for Endorsement of Forest Certification), e apesar de cada um dos esquemas de certificação ser diferente e independente, a SGS pode conduzir auditorias CdC em simultâneo – ou seja, a mesma auditoria resulta em relatórios/certificados diferentes, de acordo com cada um dos referenciais normativos auditados. Isto permite às empresas clientes da SGS obter ganhos de eficiência nos seus processos de certificação, evitando custos mais avultados e a duplicação de esforços.

As empresas que já tenham um Sistema de Gestão da Qualidade implementado de acordo com a ISO 9001 já têm, à partida, a vantagem de ter um sistema de rastreabilidade e registos associados em funcionamento.

Que empresas e produtos estão abrangidos pela Certificação Florestal?

Podem salientar-se três principais setores no âmbito da Certificação e Atividades Florestais:

  • Produtores/Gestores florestais e qualquer empresa que transforme e/ou comercialize produtos provenientes de florestas: serrações, fábricas de transformados de madeira (aglomerados, MDF, etc.), carpintarias, produtoras de pasta de papel, papel, gráficas, etc;
  • Produtos lenhosos (obtidos da madeira): toros, pranchas, réguas, soalhos e decks, cadernos e livros, lápis de cor, sacos de papel, embalagens de cartão para produtos alimentares e copos de papel, paletes e embalagens de madeira;
  • Outros produtos da floresta como a cortiça.

Quais são as vantagens da Certificação Florestal?

A Certificação Florestal permite melhorar a gestão sob todos os aspetos: do conhecimento da floresta às atividades do seu planeamento, monitorização, e viabilidade económica de cada exploração. São ainda vantagens o acesso facilitado a mercados de valor acrescentado, por definição mais exigentes, e uma redobrada capacidade em dar respostas às exigências dos clientes, verificando-se a procura crescente por produtos certificados.

A SGS e a certificação florestal

11000 Certificados de Cadeia de Custódia
250 Certificados de Gestão Florestal
175 Auditores de Cadeia de Cadeia de Custódia
45 Auditores de Gestão Florestal

 

 

Para saber mais sobre certificação florestal, contacte a SGS Portugal

Sobre a SGS

Somos a SGS – a empresa líder mundial em testes, inspeção e certificação. Somos reconhecidos como referência global em sustentabilidade, qualidade e integridade. Os nossos 98.000 colaboradores operam numa rede de 2.650 escritórios e laboratórios, trabalhando em conjunto para possibilitar um mundo melhor, mais seguro e interligado.

Contacte-nos

  • SGS Portugal - Sociedade Geral de Superintendência S.A.

Polo Tecnológico de Lisboa,

Rua Cesina Adães Bermudes, Lote 11, 1600-604,

Lisboa,

Portugal